CONCORDÂNCIA INTRA E INTER-OBSERVADOR DE PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO DE HABILIDADES AQUÁTICAS DE CRIANÇAS

Rossane Wizer, Marcos Franken, Flávio Antônio de Souza Castro

Resumo


Considerando a necessidade de instrumentos adequados para avaliação de habilidades aquáticas para o aprendizado e desenvolvimento das mesmas, o objetivo desse estudo foi verificar os níveis de concordância intra e inter-avaliador (respectivamente, reprodutibilidade e objetividade) da Escala de Erbaugh (EE). A EE foi aplicada e gravada em vídeo para as posteriores análises de reprodutibilidade e objetividade em 26 crianças (14 meninas e 12 meninos), com média de idade de 41.5 ± 3.9 meses. Para as análises, utilizaram-se o índice Kappa de Cohen e os testes de Wilcoxon e U de Mann-Whitney. Em relação à reprodutibilidade, a concordância intra-avaliador variou entre considerável e quase perfeita, dependendo da tarefa da EE. Para a comparação, nenhuma diferença foi encontrada entre escores obtidos pelo mesmo avaliador. Quando a análise foi de objetividade, a concordância inter-avaliador variou entre pobre e moderado, em dependência de tarefa da EB. Diferenças entre os escores inter-avaliadores foram encontradas nas tarefas de deslocamento (ventral e dorsal). A EE demonstrou ser reprodutível, no entanto apresentou índices apenas aceitáveis de objetividade, com isso o instrumento em questão deve ser visto com cautela até que cresça o corpo de evidências científicas de sua aplicação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v24i1.5835

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement