INFLUÊNCIA DA ORDEM DOS EXERCÍCIOS E DO TEMPO DE INTERVALO DE DESCANSO ENTRE SÉRIES NO DESEMPENHO DO NÚMERO DE REPETIÇÕES NO TREINAMENTO PARA RESISTÊNCIA MUSCULAR LOCALIZADA

Diogo Cardozo, Sandro Lemos, Roberto Simão

Resumo


O objetivo do presente estudo foi o de comparar a influência de diferentes ordenações de exercícios e do tempo de intervalo de descanso entre as séries sobre o desempenho de repetições e volume de total de trabalho (VTT) em sessões de resistência muscular localizada (RML). Doze homens treinados (25,6 ± 4,5 anos) foram submetidos a quatro sessões de treinamento. Todas as sessões consistiam de realizar três séries com carga de 15 repetições máximas (15RM) para duas diferentes sequências de exercícios (SEQA e SEQB) com dois diferentes intervalos de descanso (40 e 90 segundos). Para a SEQA-40 e SEQA-90 os exercícios foram: supino reto (SUP), puxador alto (PUX), remada sentada (REM), remada alta (RAL), rosca tríceps (RT) e rosca bíceps (RB). Para a SEQB-40 e SEQB-90 a sequência de exercícios foi inversa: RB, RT, RAL, REM, PUX, SUP. Os resultados demonstraram que a variável ordem dos exercícios afeta negativamente os exercícios que são realizados por último nas sessões de treinamento. Os exercícios SUP e PUX apresentaram menores volumes de treinamento quando realizados na SEQB-40 e SEQB-90. Já os exercícios RT, RB e RAL a média do número de repetições foi menor nas SEQA-40 e SEQA-90. Quanto ao intervalo de descanso não foram observadas diferenças estatísticas. Estes resultados sugerem que a variável ordem dos exercícios afeta o número de repetições e o VTT em sessões de treinamento voltadas para RML independentemente do intervalo de descanso. Em termos práticos, se o objetivo é a aquisição de RML de algum grupamento muscular específico, este deve ser inserido primeiramente nas sessões de treinamento.

Palavras-chave


Treinamento de resistência; desempenho; Fadiga, volume, intervalo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v24i2.6260

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement