PERFORMANCE DO ATLETA: REFLEXÕES E PERCEPÇÕES SOBRE O CORPO

Regina Simões, Wagner Wey Moreira, Idico Luiz Pellegrinotti

Resumo


O treinamento esportivo precisa de uma sistematização para a melhoria do desempenho. Contudo é preciso considerar a percepção, a opinião e a sensibilidade corporal do atleta. O objetivo foi evidenciar as percepções que os atletas têm de seu corpo no treinamento. Foram entrevistados 24 atletas de basquetebol de ambos os sexos, com idade entre 23 e 34 anos, com experiência de mais de cinco anos em competições do ranking nacional, os quais responderam as seguintes questões: O que significa treinar para você? Como o seu corpo reage nos diferentes momentos do treinamento? No treinamento, que momentos você considera prazeroso e que momentos você considera desconfortante? e Como seu corpo responde quando as capacidades físicas são trabalhadas no treinamento? A interpretação foi via Analise de Conteúdo: técnica de elaboração e análise de unidades de significado e a maior convergência para cada questão foi a seguinte: 1. treinar para os atletas é sinônimo de dedicação e satisfação (53,3%), mas ao mesmo tempo cansaço e cuidado (16,6%); 2. Apesar de limitado, o corpo reage de forma mais positiva no inicio da temporada (75%), mas as dores e o cansaço interferem (50%); 3. O maior prazer é treinar jogando com bola (41,6%) e o desconforto é a preparação física e a dor (45,8%) e 4. A maioria dos atletas se sente bem treinando (41,6%), mas expressam cuidados ao corpo (16,6%). Concluímos que a opinião dos atletas deve ser considerada e a proteção e o respeito ao corpo do ser humano que pratica esporte são necessários.

Palavras-chave


Corpo; Treinamento; Percepção Subjetiva

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v25i2.6902

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement