PERFIL DE ESTADOS DE HUMOR EM ATLETAS DE BASQUETEBOL ENTRE COMPETIÇÕES E POSIÇÕES DE JOGO

Leonardo da Silva Leandro, Rodrigo Ramalho Aniceto, Leandro Sávio Oliota-Ribeiro, Gilmário Ricarte Batista, Rúben Michel Nogueira Silva, Maria do Socorro Cirilo-Sousa, José Onaldo Ribeiro de Macêdo

Resumo


O basquete é um esporte dinâmico com atletas que possuem características muito distintas quanto a estatura, peso, funções e responsabilidade em quadra, que vivem uma busca por resultados e manutenção dos componentes físicos, somados a fatores estressantes da vida social e profissional. Os quais podem leva-los à altos níveis de estresse e alterações no Perfil de Estados de Humor (PEH) em situações de pré-jogo. Desta forma, o presente estudo tem por objetivo analisar os estados de humor pré-jogo em atletas de basquetebol entre competições e posições de jogo. Trata-se de uma pesquisa de caráter descritivo comparativo e transversal, os participantes foram atletas masculinos de basquetebol, divididas em dois grupos: 29 da competição um e 21 da competição dois, totalizando 50 atletas com idade média de 19,8 ± 2,7 anos, estatura média de 181,3 ± 8,5 cm e massa corporal média 78,7 ± 15,3 kg. Para a mensuração do humor foi utilizado a escala de humor de Brunel (BRUMS), que avalia por meio de 24 itens indicadores simples, que mede seis fatores: tensão, depressão, raiva, vigor, fadiga e confusão mental. A análise dos dados foi através do teste t independente, com significância de 95% (p<0,05). Os resultados apontam que o PEH dos atletas de basquetebol, entre competições e entre as posições, apresentaram um perfil iceberg, resultado favorável ao desempenho, não havendo diferenças significativas do PEH entre as posições e competições. Conclui-se que os atletas de basquetebol apresentam respostas semelhantes em relação ao estado emocional entre competições e posições.

Palavras-chave


Psicologia do Esporte; Estresse Psicológico; Transtornos de Humor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v26i3.7976

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement