OS ESPORTES COLETIVOS NA ESCOLA: REFLEXÕES SOBRE AS ATIVIDADES CURRICULARES DESPORTIVAS

Fabiana Andreani, Adriano Gomes de Moraes, Beatriz Carvalho Cavalieri, Lílian Aparecida Ferreira

Resumo


Na educação escolar pública do estado de São Paulo, além do momento de aprendizagem do esporte nas aulas de Educação Física, os alunos também têm a possibilidade de participar de atividades esportivas no contraturno, nas chamadas turmas de Atividades Curriculares Desportivas (ACDs) que possuem três categorias de modalidades: esportes (individuais e coletivos), lutas e ginásticas. As ACDs vêm sendo realizadas desde 2001 nas escolas estaduais de São Paulo, contudo, ainda carecem de estudos que nos ajudem a compreender tanto sua caracterização quanto seu processo de desenvolvimento no ambiente escolar. Neste sentido, os objetivos do presente artigo foram identificar e analisar as ACDS de esportes coletivos desenvolvidas nas escolas pertencentes a uma diretoria de ensino no interior de São Paulo. A pesquisa, de abordagem qualitativa, envolveu análise documental e investigação de campo. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 17 professores e aplicado questionário a 292 alunos, todos estes envolvidos nas turmas de ACDs. Os resultados, após intensa leitura e relações com a literatura correspondente, foram organizados em três categorias de análise, a saber: Circunscrevendo as ACDs (modalidades, gênero e faixa etária); Metodologias de ensino; Expectativas em relação às ACDs. Os dados evidenciados nas três categorias explicitam que o futsal é a modalidade mais presente nas escolas, as turmas masculinas são mais frequentes, as metodologias de ensino baseiam-se majoritariamente em práticas tradicionais de ensino, as expectativas dos docentes relacionam-se mais com os resultados nos jogos escolares enquanto a dos alunos se assenta no gosto pelo esporte que praticam. Nesse sentido, evidenciamos a necessidade de programas de formação continuada que possam desconstruir a visão esportiva seletiva e excludente dos docentes, circunscrita pelo esporte de alto-rendimento. Se quisermos defender uma escola democrática e inclusiva tal visão do esporte precisa ser modificada.

Palavras-chave


Atividades Curriculares Desportivas; Esporte Escolar; Esportes Coletivos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v27i3.9551

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement