O ESPORTE, SUAS LEGITIMAÇÕES E RELAÇÕES COM A ESCOLA EM MOMENTO DE COPA DO MUNDO NO BRASIL

Rebeca Signorelli Miguel, Elaine Prodócimo

Resumo


O ano de 2014 foi marcado, no Brasil, pela ocorrência da Copa do Mundo, que teve como sede 12 cidades brasileiras e como sub-sedes algumas outras que receberam seleções nacionais para se hospedarem e treinarem durante o evento, que durou aproximadamente um mês. O presente artigo apresenta investigações e análises sobre relações entre as instituições escola e esporte em momento de megaevento esportivo em solo brasileiro. O estudo das instituições e suas legitimações, e suas formas de consolidação na sociedade, embasam as análises e investigações de alguns impactos da Copa do Mundo de 2014 na educação pública brasileira. O objetivo do artigo, portanto, é refletir sobre as relações entre escola e esporte a partir de projetos que tematizaram a Copa do Mundo em uma rede municipal de educação em 2014 no Brasil. A pesquisa, qualitativa, foi realizada por meio da análise de documentos públicos e comunicados oficiais direcionados às escolas de uma cidade do interior de São Paulo durante 2014, o que é denominado de pesquisa documental; e, da pesquisa de campo, que possibilitou a vivência da realidade em relação aos projetos para além dos documentos (implementação, recepção, desenvolvimento). Constatou-se a presença de projetos destinados à educação que tematizavam o megaevento, explicitando a relação entre as instituições esporte e escola. Foi possível perceber as maneiras que as/os professoras/es são localizadas/os em meio à elaboração, desenvolvimento e resultados dos projetos anunciados. E que a iniciativa em apresentar projetos com a temática para as unidades educacionais, advindas da prefeitura, era mais importante do que o desenvolvimento real destes mesmos projetos.

Palavras-chave


Esportes; Copa do Mundo; Escola

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v27i2.9602

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement