INFLUÊNCIA DO GÊNERO E TIPO DE COMPETIÇÃO SOBRE PARÂMETROS DO RALLY NO VOLEIBOL

Wilian dos Santos Bento, Otávio Guerson Rodrigues de Angelis, Isaias Soares da Silva, Vinícius Resende de Oliveira, Frederico Souzalima Caldoncelli Franco

Resumo


O objetivo deste estudo foi investigar se o gênero e o tipo de competição impactam sobre os parâmetros do rally em jogos de voleibol. Investigou 17 jogos de competições escolares e recreacionais, que foram gravados em filmadora digital, sendo analisada em ecrã de notebook de 14’. Avaliou o tempo de duração do rally e seus intervalos, densidade do set, além quantificar e caracterizar os complexos e ações nos rallies. Os resultados do presente estudo mostrou que o padrão dos rallies no voleibol em competições de equipes recreacionais foi semelhante aos de equipes escolares em treinamento, porém, nos jogos recreacionais o tempo de rally, o número de ações e o % densidade do set foram maiores do que em competições com equipes escolares em treinamento, contudo, o tempo de intervalo entre rallies foi menor. Ao fator gênero não verificou alteração na maioria dos parâmetros analisados, no entanto, observou uma frequência reduzida de complexo com três toques, que pode ser justificado pelo padrão de jogo do voleibol feminino. Também identificou um alto índice de saques errados gerando ponto à equipe adversária comparada aos aces tanto para os gêneros quanto paras os tipos de competições. Adicionalmente, observou que 82,1% dos rallies ocorreram em até 11” com predominância do complexo I, o tempo médio de rally foi de 7”7 e o tempo de intervalo 2,3 vezes maior que o de sua duração, demonstrando ser suficiente para a recuperação energética do esforço despendido. Conclui-se que o gênero e as competições escolares e recreacionais pouco interferem no padrão do rally realizado durante o jogo de voleibol.

Palavras-chave


Duração de rally; Prática recreacional; Complexos; Ações.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v27i2.9898

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement