EXISTE ASSOCIAÇÃO ENTRE NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E COMPOSIÇÃO CORPORAL EM ADOLESCENTES?

Witalo Kassiano, Mário Antônio de Moura Simim, Ana Denise De Souza Andrade, Carminda Maria Goersch Fontenele Lamboglia, Alexandre Igor Araripe Medeiros, Claudio Oliveira Assumpção

Resumo


Os objetivos do presente estudo foram (i) testar se existe associação e (ii) diferença entre o nível de atividade física (NAF) e composição corporal de adolescentes de escolas públicas e privadas. Participaram do presente estudo 84 adolescentes (feminino: n = 52; 61,9% e masculino: n = 32; 38,1%) com idade média de 16,4 ± 0,8 anos (feminino = 16,5±0,8 anos e masculino 16,4 ± 0,8 anos) regularmente matriculados em uma escola pública e uma privada do município de Fortaleza/CE. O NAF foi quantificado por meio da aplicação do o questionário de atividade física para adolescentes. Posteriormente foram obtidos dados (massa corporal e estatura) para cálculo do índice de massa corporal (IMC). O percentual de gordura (%G) foi estimado de acordo com o sexo. O teste de correlação de Pearson foi utilizado para verificar associação entre as variáveis. Para comparação entre estudantes de escolas públicas e privadas, utilizamos as diferenças de médias estandardizadas, intervalo de confiança (90%), tamanho do efeito e probabilidades de haver diferenças. Não encontramos associações significantes entre o NAF e IMC (r = 0,033 à 0,214; p > 0,05) e NAF e %G (r = - 0,199 à 0,310; p > 0,05). Não houveram diferenças substanciais entre estudantes de escolas pública e privada para NAF e variáveis de composição corporal. A falta de associação forte entre NAF e composição corporal aponta para o caráter multifatorial que perpassa a relação entre essas duas variáveis na população jovem. Adicionalmente, estudar em escola pública ou privada parece não afetar o NAF e a composição corporal de adolescentes.

Palavras-chave


Adolescentes; Obesidade; Atividade física; Qualidade de Vida

Texto completo:

docx PDF PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v28i1.9995

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement