Vlog como gênero no YouTube: a profissionalização do conteúdo gerado por usuário

Autores

  • Paula Coruja Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.24860/comunicologia.v10i1.8128

Resumo

Nesse artigo, partimos do vlog, um tipo de produção emblemática para o YouTube, que concentra basicamente conteúdo gerado por usuários, para analisar o processo de profissionalização desse tipo de produção, e, por consequência, dos sujeitos que o produzem. Para tanto, fizemos uma discussão sobre a plataforma, percorrendo um pouco do seu desenvolvimento ao longo dos últimos 12 anos, analisamos a produção de teses e dissertações da área da Comunicação sobre o tema e finalizamos com os aspectos que caracterizam a profissionalização dessa prática. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Coruja, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Paula Coruja: jornalista, mestra em Comunicação e Informação pela UFRGS e especialista em Marketing. Integra o grupo de pesquisa Comunicação e Práticas Culturais da UFRGS e atualmente é bolsista de apoio técnico do Núcleo de Cultura e Recepção Midiática da UFRGS.

Downloads

Publicado

2017-06-27

Como Citar

Coruja, P. (2017). Vlog como gênero no YouTube: a profissionalização do conteúdo gerado por usuário. Comunicologia - Revista De Comunicação Da UCB, 10(1), 46-66. https://doi.org/10.24860/comunicologia.v10i1.8128

Edição

Seção

Artigos Livres