A INFLUÊNCIA DO CRONOTIPO NOS NÍVEIS DE ANSIEDADE E CONSUMO MÁXIMO DE OXIGÊNIO EM JOVENS

Autores

  • Taynah Oliveira Martins Universidade Católica de Brasília
  • Ana Carolina Talkane Vasques Fernandes Universidade Católica de Brasília
  • Rodolfo Soares Mendes Nunes Universidade Católica de Brasília
  • Elaine Cristina Vieira Universidade Católica de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.31501/rbcm.v29i1.11471

Resumo

Objetivo: O presente estudo analisou a relação entre cronotipo, níveis de ansiedade, depressão e estresse, bem como níveis de condicionamento cardiorrespiratório em jovens. Métodos: Foi analisado um total de 36 participantes com idades entre 18 e 28 anos, saudáveis e que atendessem ao cronotipo matutino e vespertino. Análises de nível de atividade física, consumo máximo de oxigênio, níveis de depressão, ansiedade e estresse foram realizadas com testes específicos. Resultados: O nível de atividade física mostrou que a porcentagem dos matutinos suficientemente ativos foi de 58% comparado com 23.5% dos vespertinos. Mulheres com cronotipo vespertino apresentaram níveis menores de VO2máx quando comparados com as mulheres com cronotipo matutino (p=0.04). Os participantes vespertinos apresentaram níveis maiores de ansiedade (p=0.02) comparados com os matutinos e esses dados foram evidentes nos participantes do sexo feminino onde as mulheres do cronotipo vespertino apresentaram níveis maiores de ansiedade (p=0.03) comparados com mulheres de cronotipo matutino. Conclusão: Portanto, o estudo conclui que indivíduos do cronotipo vespertino apresentaram menores níveis de atividade física e maiores níveis de ansiedade evidenciados principalmente nas mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taynah Oliveira Martins, Universidade Católica de Brasília

Taynah, profissional de Educação Física - Bacharelado, estudante de Nutrição. Lattes: http://lattes.cnpq.br/1303509297878466

Ana Carolina Talkane Vasques Fernandes, Universidade Católica de Brasília

Profissional de Educação Física - Bacharelado, proprietária da TempleFit - Treinamento Funcional. http://lattes.cnpq.br/2153155770864798

Rodolfo Soares Mendes Nunes, Universidade Católica de Brasília

Graduado na Universidade Norte do estado do Paraná, Especialista no Treinamento Desportivo com Ênfase em Natação, Biomecânica do nado e Fisiologia do Exercício e Mestrando em Educação Física pela Universidade Católica de Brasília . http://lattes.cnpq.br/5381090648230997

Elaine Cristina Vieira, Universidade Católica de Brasília

Graduada em Educação Física (Bacharelado) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Rio Claro). Mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas. Doutora em biologia celular médica pela Universidade de Uppsala, Suécia. Pós-doutorado pelo Instituto Karolisnka, Estocolmo, Suécia. Pós-doutorado financiado pela União Européia (Marie Curie Intra European Fellowship) na Universidade Miguel Hernandéz, Elche, Espanha. Pós-doutorado no Instututo IDIBAPS em Barcelona, Espanha. Pós-doutorado na UEM do programa Jovens Talentos do CNPq. http://lattes.cnpq.br/9531570369033417

Downloads

Publicado

2021-11-04

Edição

Seção

Artigo Original