INFLUÊNCIA DO ESTÍMULO VISUAL E POSIÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES NO CONTROLE POSTURAL ORTOSTÁTICO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Autores

  • Natália Guimarães Melo
  • Tânia Cristina Dias da Silva Hamu
  • Geovanna Avelar Somma
  • Thiago Vilela Lemos
  • Cibelle Kayenne Martins Roberto Formiga

DOI:

https://doi.org/10.31501/rbcm.v29i2.12314

Resumo

O estudo tem como objetivo verificar a influência do estímulo visual, do posicionamento dos membros superiores e idade no controle postural ortostático de crianças e adolescentes. É um estudo observacional transversal realizado com 84 participantes com idade entre 11 a 14 anos, de ambos os sexos, em uma escola pública de Goiânia (GO). Além do exame físico dos participantes, o controle postural foi avaliado pela baropodometria computadorizada em três condições na posição ortostática: olhos abertos, olhos fechados e olhos abertos com ombros a 90° de abdução. Os dados foram analisados estatisticamente quanto a influência do estímulo visual, a posição dos membros superiores e a idade dos participantes. A maior parte da amostra foi composta por meninas (65,5%) e com dominância pedal à direita (89,3%). A ausência do estímulo visual gerou maior instabilidade postural, considerando a área total (elipse) e os deslocamentos latero-lateral e anteroposterior em comparação aos olhos abertos. Na análise por faixa etária, a ausência do estímulo visual gerou maior instabilidade anteroposterior nos participantes de 11 anos, latero-lateral nos de 13 anos e na área da elipse nos de 12 e 14 anos. Na condição de abdução dos membros superiores não houve diferença no controle postural ortostático, mesmo quando comparado por faixa etária. Na análise intragrupo, os participantes de 13 anos se mostraram mais instáveis quando comparada aos de 12 anos. Conclui-se que para a faixa etária avaliada a ausência do estímulo visual foi mais impactante na manutenção do controle postural ortostático quando comparado a condição de olhos abertos e a abdução dos membros superiores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-03-22

Edição

Seção

Artigo Original