O LÍBERO DO VOLEIBOL DE ALTO NÍVEL MELHORA A RECEPÇÃO? - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v22n3p133-138

Autores

  • Nelson Kautzner Marques Junior

DOI:

https://doi.org/10.18511/rbcm.v22i3.4687

Resumo

O líbero do voleibol foi incluído em 1998 com o intuito de melhorar a recepção e a defesa da equipe. O líbero do voleibol de alto nível possui a recepção mais eficiente do que o jogador de ponta que atua no passe? Segundo algumas referências sobre a análise do jogo do voleibol, nada foi informado. O objetivo da revisão foi determinar a eficiência do líbero na recepção do voleibol de alto nível. Nesta revisão de literatura foram selecionados 9 estudos sobre o voleibol de alto nível referente ao desempenho do líbero e do atacante de ponta na recepção. A coleta dos estudos aconteceu nas seguintes bases de dados: Google Acadêmico, PubMed, ResearchGate, Scielo e Lilacs. O líbero (percentual de eficiência na recepção = 77,91% e 33,67±35,6 erros) é melhor na recepção do que o jogador de ponta (percentual de eficiência na recepção = 69,4% e 94,44±78,01 erros). O teste U de Mann-Whitney detectou diferença significativa entre os passes errados do líbero versus o jogador de ponta, U = 14,50, p = 0,02. O tamanho do efeito dos erros da recepção foi grande, com resultado de 1,06. Portanto, o líbero teve melhor desempenho na recepção porque cometeu menos erros. Em conclusão, o líbero melhora a recepção das equipes do voleibol de alto nível.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelson Kautzner Marques Junior

Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ, Brasil

Downloads

Publicado

2014-07-16

Edição

Seção

Artigo de Revisão