Motivação e autoestima relacionada à prática de atividade física em adultos e idosos

Autores

  • Daniel Bavoso Universidade Paulista - Unip
  • Lívia Galeote Faculdade de Medicina de Jundiaí
  • José Maria Montiel Centro Universitário Fieo (UniFieo)
  • Juliana Francisca Cecato Faculdade de Medicina de Jundiaí http://orcid.org/0000-0002-2783-772X

DOI:

https://doi.org/10.31501/rbpe.v7i2.8362

Resumo

A atividade física oferece benefícios com relação à saúde física e mental dos praticantes. Contudo, pouco se conhece sobre o que motiva os participantes adultos e idosos a procurar a prática de exercício físico. Objetivou-se investigar a relação entre autoestima e a motivação de praticantes de atividade física acima de 40 anos de idade. Para isso, foram coletadas informações de 43 praticantes de atividades físicas em academias. Além do questionário socioeconômico, foram aplicadas a Escala de Motivações para a prática de Exercício Físico em Academias e Escala de Autoestima de Rosemberg. Optou-se, ainda, dividir a escala de motivação em 4 aspectos: “Indicação Médica”, “Socialização”, “Aparência Física” e “Manutenção da Saúde”. Os dados mostraram que o grupo de adultos (40 a 59 anos) possuem motivação multifatorial para à prática de exercício físico. Grupo de idosos (acima dos 60 anos) apresentou correlação entre autoestima e os aspectos motivacionais Indicação médica (p< 0,0001), Socialização (p= 0,048), Aparência física (p= 0,047) e Manutenção da saúde (p< 0,0001). Pode-se concluir que os adultos procuram a prática de atividade física devido a diversos fatores (aspectos multifatorial), enquanto que os idosos buscam a prática da atividade física pela preocupação com a sensação de sentir-se só, manutenção da saúde, indicação médica e também pela preocupação com a aparência física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Bavoso, Universidade Paulista - Unip

Educador Físico

Professor da Universidade Paulista de Jundiaí

Lívia Galeote, Faculdade de Medicina de Jundiaí

Educadora física
Mestre em Ciências da Saúde

José Maria Montiel, Centro Universitário Fieo (UniFieo)

Psicólogo

Doutorado em Avaliação Psicológica

Juliana Francisca Cecato, Faculdade de Medicina de Jundiaí

Neuropsicóloga, Mestrado em Ciências da Saúde pela FMJ, Doutorado em Psicologia Educacional pela UniFieo e Doutoranda em Ciências da Saúde pela FMJ.

Professora colaboradora do Departamento de Clínica Médica da FMJ.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2018-04-16