Paralisia periódica hipocalêmica tireotóxica - relato de caso

Bruno Tenorio Gomes, Daniela Gomes Gebrim, Vitorino Modesto dos Santos

Resumo


A paralisia periódica hipocalêmica tireotóxica (PPHT) é uma emergência endócrina, potencialmente fatal, com início agudo de paralisia flácida e hipocalemia. O hipertireoidismo está associado a vários distúrbios musculares, incluindo miopatias tireotóxicas, miastenia gravis, oftalmoplegia exoftálmica e PPHT. O reconhecimento precoce da PPHT é crucial, visto que é uma complicação potencialmente letal da tireotoxicose, que engloba diversos diagnósticos diferenciais. Muitas vezes é a primeira manifestação do hipertireoidismo, contribuindo para o subdiagnóstico e retardo no início do tratamento. O tratamento inclui a reposição cuidadosa de potássio e uso de ?-bloqueadores não seletivos.


Texto completo:

PDF