Saúde da mulher: motivos de atendimento no serviço de urgência obstétrica às gestantes residentes nas áreas de atuação das equipes Estratégia Saúde da Família do Setor Habitacional Sol Nascente, Ceilândia – DF, 2014-2015.

Jeane Kelly Silva de Carvalho, Ana Flávia de Morais Oliveira, Mábia Milhomem Bastos, Wildo Navegantes de Araújo, Rafael de Castro Catão, Patrícia Maria Fonseca Escalda

Resumo


Objetivo: descrever a procura pelos serviços de urgência pelas gestantes, assim como os seus acompanhamentos pelas equipes Estratégia Saúde da Família (ESF) no Setor Habitacional Sol Nascente (SHSN), Ceilândia- DF, Brasil. Métodos: estudo transversal descritivo, com gestantes residentes na abrangência do Centro de Saúde (CS) nº 08 e na área de atuação das equipes ESF. População identificada por meio do sistema de prontuário eletrônico da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), no período de outubro/2014 a fevereiro/2015. Resultados: do total de gestantes que procuraram o serviço de urgência, os principais motivos foram: infecção do trato urinário 26(65%) e dor em baixo ventre 6 (15%). Do total que procuraram os serviços, 29 (72,5%) tiveram seu problema de saúde solucionado. Conclusão: ainda se evidencia a valorização do nível hospitalar para a solução de problemas de saúde gestacional. Este ideário precisa ser desconstruído para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde.

Palavras-chave: Saúde da Mulher; Atenção Primária à Saúde; Gravidez; Atendimento de Urgência


Texto completo:

PDF