Educação sexual como forma de prevenção de infecções pelo HIV em jovens na cidade de Uberlândia - MG

João Víctor Aguiar Moreira, Marina Moreira dos Santos, Vinicius Yran Rocha Rodrigues, Marilia Rodrigues Moreira, Stefan Vilges de Oliveira

Resumo


Resumo 

Objetivo: Esse estudo, que se apresenta como um projeto de intervenção, objetiva estabelecer estratégias para a prevenção da AIDS entre jovens, na cidade de Uberlândia-MG. As infecções pelo HIV têm a transmissão sexual como principal via e cujo quadro clínico costuma ser leve até que se estabeleça a Síndrome da Imunodeficiência Humana (AIDS), o que facilita a disseminação e a progressão da doença. Nesse contexto, constitui um problema de grande importância em saúde pública. Métodos: Foi realizado um estudo transversal, por levantamento dos casos notificados de HIV no SINAN na cidade de Uberlândia-MG nos anos de 2008 a 2018, no qual foram avaliadas sobretudo as variáveis de sexo e idade. Além disso, foi realizada uma revisão sistematizada acerca da prevenção do HIV em jovens nas bases de dados Scielo e Pubmed, com uso dos indexadores "HIV Infections" AND "Young Adult" AND "Adolescent" AND "Primary Prevention", no período de 2015 a 2019. Foram aplicados critérios de inclusão relativos à semelhança com população pesquisada e excluídas populações muito distintas e intervenções não relacionadas à prevenção primária. Resultados: Foram verificados 2.266 casos no período estabelecido, com prevalência importante em homens (1.658 casos) de 15 a 24 anos (329 casos). A revisão da literatura incluiu 5 artigos que permitiram identificar importantes intervenções relativas ao uso de preservativo, à redução de comportamentos de risco, à testagem e à distribuição de PrEP. Conclusão: O perfil encontrado para os portadores do vírus foi semelhante aos disponíveis na literatura, mas com maior taxa de mortalidade que a apresentada no Brasil. Os dados encontrados indicam uma necessidade de promover o uso de preservativos, o conhecimento sobre transmissão e testagem, e informações sobre uso de PrEP.

Palavras-chaves: Infecções por HIV; Adulto Jovem; Adolescente; Prevenção Primária; Educação Sexual.


Texto completo:

PDF