Retinopatia da Prematuridade: uma revisão

Autores

  • Fernanda Alves Sousa Costa Universidade Católica de Brasília
  • Danielle Eveline Vilas Boas Gumieiro Universidade Católica de Brasília
  • Liana Chaul Sfair Universidade Católica de Brasília
  • Marina Fernandes Oliveira Universidade Católica de Brasília
  • Sarah Alcântara Cardoso Universidade Católica de Brasília
  • Anderson Gustavo Teixeira Pinto Universidade Fedaral de São Paulo
  • Benedito Antônio de Sousa Universidade de Brasília

Resumo

Resumo

A Retinopatia da Prematuridade, erroneamente chamada de fibroplasia retrolental, foi descrita pela primeira vez em 1942. Recebendo maior reconhecimento, no Brasil e no Mundo, em decorrência do aumento na prevalência da cegueira infantil prevenível, principalmente em crianças prematuras (< 37 semanas), com baixo peso ao nascimento (< 1500g) e aquelas expostas a oxigenoterapia. Pode ser classificada conforme a sua gravidade, localização e extensão. Sendo que o acompanhamento subseqüente varia de acordo com a classificação e já foi comprovado que quanto mais precoce o tratamento, melhor são os resultados, independente da técnica preconizada.

 

Palavras chave: Retinopatia da Prematuridade, Cegueira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Alves Sousa Costa, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Danielle Eveline Vilas Boas Gumieiro, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Liana Chaul Sfair, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Marina Fernandes Oliveira, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Sarah Alcântara Cardoso, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Anderson Gustavo Teixeira Pinto, Universidade Fedaral de São Paulo

Médico, Doutor, Docente do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília e da Universidade Federal de São Paulo. 

Benedito Antônio de Sousa, Universidade de Brasília

Médico, Docente do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Downloads

Publicado

2013-04-27