Comparação da densidade mineral óssea de coluna lombar e colo femoral

Autores

  • Gabriella Santos Basile Martins Universidade Católica de Brasilia
  • Juliana Rodrigues Beal Universidade Católica de Brasilia
  • Mariana Carneiro Figueiredo Universidade Católica de Brasilia
  • Parizza Ramos de Leu Sampaio Universidade Católica de Brasilia
  • Osvaldo Sampaio Netto Universidade Católica de Brasilia

Resumo

A densidade mineral óssea (DMO) é um fator determinante no risco de fratura. Este estudo visa correlacionar à medida da densidade mineral óssea de coluna lombar e colo femoral. A metodologia utilizada foi o estudo de 421 fichas de pacientes que realizaram densitometria óssea de coluna lombar e extremidade proximal de fêmur. Na análise da densidade mineral óssea foi encontrada uma correlação de Pearson de 0,642 entre coluna lombar e colo femoral. Utilizando a classificação da OMS foi encontrado um índice de Kappa de 0,404 para coluna lombar e colo femoral. Portanto, observamos que a diferença da densidade mineral óssea das duas incidências justifica que ambas sejam solicitadas rotineiramente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-04-27