Espessamento da Haste Hipofisária: relato de caso

Autores

  • Maria Clara de Lima Aguiar Leite Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • Anna Carla de Queiros Ribeiro Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • Luciana Rodrigues Queiroz de Souza Hospital de Base do Distrito Federal
  • Gleim Dias de Souza Universidade Católica de Brasília

Resumo

O espessamento da haste hipofisária pode ser detectado por meio de ressonância magnética (RM) e é associado muitas vezes a alterações hormonais da hipófise. O relato de caso traz uma paciente do sexo feminino, de 47 anos, com espessamento da haste hipofisária identificado pela RM, ainda sem diagnóstico definido. Em adultos, o diagnostico diferencial é bastante amplo, desde uma inflamação até casos de metástases, mas o diabetes insipidus é um achado bastante comum. O tratamento varia de acordo com a causa do espessamento e com a sintomatologia do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Clara de Lima Aguiar Leite, Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Acadêmica do Curso de Medicina das Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Anna Carla de Queiros Ribeiro, Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Acadêmica do Curso de Medicina das Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Luciana Rodrigues Queiroz de Souza, Hospital de Base do Distrito Federal

Médica, mestre, radiologista do Hospital de Base do Distrito Federal

Gleim Dias de Souza, Universidade Católica de Brasília

Médico, doutor, radiologista do Hospital de Base do Distrito Federal, docente do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Downloads

Publicado

2014-12-24