Epididimite traumática: relato de caso

Yasmin Furtado Faro, Gleim Dias de Souza, Daniel Brito de Medeiros

Resumo


A epididimite é a afecção mais comum dos órgãos escrotais e a causa mais comum de dor escrotal, sobretudo em adultos, sendo a de origem traumática representante de grande parcela, ficando atrás apenas da epididimite de origem infecciosa. O trauma contuso é a forma mais comum de lesão escrotal, sobretudo do epidídimo, seguido do trauma de origem penetrante. O quadro clínico se destaca pela dor progressiva e de caráter insidioso, inflamação do epidídimo e hiperemia local, acompanhada de aumento do volume do hemiescroto correspondente. Relatamos o caso clínico de um paciente de 32 anos de idade admitido no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) após trauma de bicicleta com relato de dor intensa e edema escrotal.


Texto completo:

PDF