Homem de 63 anos com síndrome de Verner-Morrison

Lucio Mauricio Monteiro Rego Isoni, Maria Leticia Cascelli Azevedo Reis, Vitorino Modesto Santos, Mendell Douglas Lemos, Rodrigo Alfredo Vivanco Vergara, Evandro Reis Silva Filho

Resumo


Síndrome de Verner-Morrison, caracterizada por diarreia aguda aquosa, hipocalemia e acloridria é manifestação clássica de tumores produtores de peptídeos intestinais vasoativos ou VIPomas. VIPomas são extremamente raros, e tem origem no pâncreas em 70 a 80% dos casos. Um homem de 63 anos foi internado com diarreia aquosa grave e hipotensão arterial. Testes de laboratório descartaram sangramento intestinal, parasitas, microrganismos patogênicos e leucócitos nas fezes. Os exames de sangue mostraram hipocalemia, hiperglicemia, elevação de uréia, de creatinina e de cromogranina-A, com nível normal de VIP. Fez estudos de cintilografia com pentatreotídeo-índio-111 e com octreotídeo-tecnécio-99, que revelaram a presença de receptores de somatostatina nesse tumor pancreático, sugerindo a hipótese diagnóstica de VIPoma. Além disso, os sintomas foram controlados com o uso de análogo da somatostatina de ação prolongada. Em conclusão, cintilografias podem ser úteis para esclarecer o diagnóstico dessa síndrome.

Texto completo:

PDF