Notificação compulsória em Hospital comunitário. Análise da Vigilância Epidemiológica da Dengue

Bárbara Vieira Carneiro, Deisiane Lima Marinho Castanho, Wanessa Pimenta Rosas, Ana Izabel Costa de Menezes, Liana Lauria Pires

Resumo


 

Introdução: Atualmente, a dengue é considerada a arbovirose mais importante do mundo. Sendo assim, o trabalho teve por objetivo analisar as características epidemiológicas da dengue no Hospital das Forças Armadas do Distrito Federal (HFA-DF), nos anos de 2010 e 2011.

Metodologia: Estudo epidemiológico retrospectivo, a partir das fichas de investigação e notificação compulsória dos casos de dengue atendidos e notificados no HFA, entre janeiro de 2010 e dezembro de 2011. Foram analisadas as características sócio-demográficas dos pacientes e dados gerais da doença. Procedeu-se análise comparativa entre os anos de abrangência do estudo, e também com os dados do DF, para o mesmo período.

Resultados: Foram notificados 458 casos de dengue no HFA-DF nos anos analisados. Em 2010, os primeiros sintomas da doença foram mais frequentes em março, enquanto setembro foi o mês de maior destaque no ano seguinte. Militares foram os mais acometidos pela doença (43,54% das notificações em 2010 e 33,73% em 2011). Cruzeiro e Asa Norte somam 27,75% dos casos de dengue notificados em 2010, e 28,92%, no ano seguinte.

Discussão: No DF, houve significativa diferença no número de casos notificados entre os anos do estudo, fato explicado pelo surto de dengue ocorrido na região, em 2010; no HFA, houve comportamento contrário, tendo o último ano apresentado quantidade maior de notificações. Apesar disso, foi significativa a redução no número de casos confirmados, o que é atribuído à consequente preocupação instaurada em tempos que sucedem os surtos, bem como à melhora da metodologia de busca ativa no HFA, a partir de 2010.

Conclusão: Os pacientes caracterizam-se por ser, em sua maioria, do sexo masculino, adultos, raça branca ou parda, militares e residentes no Cruzeiro ou Asa Norte. Também se destaca a importância do estímulo à educação continuada no que diz respeito ao preenchimento das fichas de notificação compulsória.


Texto completo:

PDF