Vardenafil: A Phosphodiesterase-5 Inhibitor with Protective Action Against the Development of Multiple Organ Dysfunction Syndrome (MODS)

Autores

  • Granville Garcia de Oliveira Universidade Católica de Brasília
  • Samer A. H. de Oliveira University Hospitals Case Medical Center
  • Alexander Kots George Washington University
  • Ka Bian George Washington University
  • Ferid Murad George Washington University

Resumo

 

 

Objetivo: SDMO é uma patologia associada ao trauma inespecífico e grave, caracterizada por elevada morbidade e mortalidade. As intensas reações inflamatórias relacionadas geram micro-trombos disseminadas, o componente fisiopatológico mais relevante na indução desta síndrome. A elevação do óxido nítrico tem o potencial de reverter a vasoconstrição sistémica típica, bem como a hiper-coagulação induzida por plaquetas. O inhibitor da fosfodiesterase 5, vardenafil, poderia agir de forma protetora induzindo uma elevação do NO sistêmico, resultando em vasodilatação difusa, além de redução de lesão endotelial e hiper-coagulação induzida por plaquetas ,evitando, assim, o desenvolvimento da SDMO. Métodos: A SDMO experimental foi induzida através do modelo de lesões micro-neurocirúrgicas bilaterais do hipotálamo anterior. Os grupos experimentais de 10 ratos Wistar foram divididos em: a) Grupo Controle não-operado; b) Grupo Operado; c) Grupo Operado Pré-tratado com vardenafil; d) Grupo Operado Pós-tratado com vardenafil. Os animais foram sacrificados após 24 horas e submetidos ao exame histopatológico de cinco órgãos: cérebro, pulmões, estômago, rins e, hepáticas. Resultados: lesões eletrolíticas estereotáxicas do hipotálamo anterior resultaram em um quadro patológico típico da SDMO, com lesões disseminadas em múltiplos órgãos, provocadas, principalmente, por micro-trombos difusos. O pré-tratamento com vardenafil 2 horas antes das lesões micro-neurocirúrgica reduziu significativamente (p> 0,01) no desenvolvimento de lesões multiorgânicas em 66,37%, em comparação com o controle operado. O pós-tratamento com vardenafil, 2 horas após as lesões micro-neurocirúrgica, também reduziu significativamente (p> 0,01) o desenvolvimento de lesões multiorgânicas, de 59,64% em comparação com o controle operado. Conclusão: O vardenafil,  nas condições experimentais utilizadas,, mostrou funcionar como um agente de proteção contra a indução de lesões multiorgânicas da SDMO experimental.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Granville Garcia de Oliveira, Universidade Católica de Brasília

MD, PhD, FCP. Physician of Medicine. Catholic University of Brasilia. Brasilia, Brazil. Department of Biochemistry and Molecular Biology. George Washington School of Medicine and Health Sciences.   

Samer A. H. de Oliveira, University Hospitals Case Medical Center

MD. University Hospitals Case Medical Center. Department of Cardiology. Division of Electrophysiology.

Alexander Kots, George Washington University

MD, PhD. Department of Biochemistry and Molecular Biology. George Washington School of Medicine  and Health Sciences. George Washington University

Ka Bian, George Washington University

MD, PhD. Department of Biochemistry and Molecular Biology. George Washington School of Medicine and Health Sciences. George Washington University

Ferid Murad, George Washington University

MD, PhD, Nobel Prize in Physiology or Medicine. Department of Biochemistry and Molecular Biology. George Washington School of Medicine and Health Sciences. George Washington University.

Downloads

Publicado

2014-12-23