Transtornos depressivos em profissionais de saúde

Autores

  • Rafael Sanches Moreno Gomes Universidade Católica de Brasília
  • Camila Temporim de Alencar Universidade Católica de Brasília
  • Ingrid Wallau Universidade Católica de Brasília
  • Ulysses Rodrigues de Castro Universidade Católica de Brasília

Resumo

A depressão é uma doença incapacitante e tem um grau de acometimento muito maior em profissionais de saúde. Esse estudo pretende entender os fatores relacionados a depressão no contexto laboral de profissionais da saúde e discutir como os transtornos depressivos deterioram a qualidade de trabalho dos acomeditos. Estudos relatam alta incidência de transtornos depressivos entre os trabalhadores da saúde e residentes, enfermeiros, estudantes de medicina (internos) e médicos. Os estudos mostram que a população mais acometida por depressão são mulheres, faixa etária de 40 anos e com longo tempo de exposição a determinados trabalhos, como envolvimento com os familiares dos doentes, carga de trabalho excessiva, dentre outros fatores e há uma tendência de medicalização, pois assim há maior aceitação social para o afastamento do ambiente de trabalho.

Palavras-chave: depressão; pessoal de saúde; doenças profissionais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-05-09