Atresia biliar: Investigação e diagnóstico precoce

Monique Almeida Vaz, Felipe Rocha Silva, Bruna Evellyn de Lima Alves, Izabela Rodrigues Figueiredo, Ana Raquel Nascimento Lawall, Ana Raquel Souza de Azevedo, Larissa Araújo Dutra de Carvalho, Fernanda Salustiano Costa Rocha, Carlos Henrique Roriz da Rocha

Resumo


A atresia biliar (AB) é uma doença que acomete a via biliar extra-hepática, causando sua obstrução e desencadeamento de síndrome colestática no período neonatal. O presente trabalho visa relatar um caso de paciente pediátrico diagnosticado com atresia biliar e dissertar sobre os aspectos clínicos, epidemiológicos, investigação diagnóstica e conduta terapêutica desta enfermidade; ressaltando a necessidade do rastreio efetivo dos casos de colestase hepática, com o intuito de realizar o diagnóstico precoce de AB. Verifica-se que o atendimento especializado no período neonatal almejaria maior sobrevida do paciente com o fígado nativo e menor demanda de transplante hepático a curto prazo.

Palavras-chave: Colestase extra-hepática; Icterícia neonatal; Atresia biliar; Diagnóstico precoce


Texto completo:

PDF