Manifestações clínicas em crianças portadoras da deficiencia de glicose-6-fostato desidrogenase (G6PD): revisão integrativa

Débora Cristina de Faria, Diana Lúcia Moura Pinho, Alessandra Ribeiro Ventura Oliveira, Juliana de Vasconcellos Thomas

Resumo


Analisar publicações, na literatura científica, sobre as manifestações clínicas de crianças portadoras da deficiência em glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD). Realizou-se uma revisão integrativa no período de 2005 a 2015, utilizando-se os descritores na língua inglesa: “G6PD deficiency”, “clinical manifestations”, “symptoms”, “children”, “newborn”, no Portal de Pesquisa da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e base de dados ProQuest. Foram analisadas 06 publicações, sendo 05 provenientes do Portal BVS e 01 da ProQuest. Muitos pacientes portadores da deficiência de G6PD são assintomáticos. Icterícia, palidez e favismo foram as manifestações clínicas mais frequentes encontradas. As publicações analisadas ressaltaram as manifestações clínicas frequentes em crianças portadoras da deficiência de G6PD. Verificou-se a importância de um número maior de estudos que envolvam educação em saúde na prevenção das diversas manifestações clínicas de pacientes G6PD deficientes.


Texto completo:

PDF