Tenossinovite de Quervain: aspectos diagnósticos.

Autores

  • Maisa da Silva Dulci Medeiros Universidade Católica de Brasília
  • Diego Vinícius Gonçalves Santana Universidade Católica de Brasília
  • Gleim Dias de Souza
  • Luciana Rodrigues Queiroz Souza

Resumo

A tenossinovite do primeiro compartimento extensor do punho ou também reconhecida como Tenossinovite de Quervainé uma doença musculoesquelética comumente associada à sobrecarga. Seu diagnóstico é clínico através de anamnese e exame físico baseado na ocorrência de dor local e positividade ao Teste de Finkelstein.  Caso o diagnóstico clínico não seja consistente, exames de imagem podem ser solicitados, a fim de, elucidar melhor o diagnóstico.A RM é a modalidade de exame que fornece melhor contraste entre os tecidos e consiste em uma forte arma no diagnóstico de tal doença, uma vez que, aponta alguns achados que corroboram para um diagnóstico conclusivo, excluindo também outros diagnósticos diferenciais.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maisa da Silva Dulci Medeiros, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília.

Diego Vinícius Gonçalves Santana, Universidade Católica de Brasília

Acadêmico do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília.

Gleim Dias de Souza

Médico, doutor, radiologista do Hospital de Base do Distrito Federal, docente do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília.

Luciana Rodrigues Queiroz Souza

Médica, mestre, radiologista do Hospital de Base do Distrito Federal.

Downloads

Publicado

2016-10-10