Ocorrência da Síndrome de Burnout em acadêmicos de medicina de instituição de ensino no interior de Minas Gerais

Autores

  • Maria Karoline Souza Chagas CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS http://orcid.org/0000-0002-8062-1813
  • Dulcídio de Barros Moreira Junior CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS
  • Guilherme Nascimento Cunha CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS
  • Ronaldo Pereira Caixeta CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS
  • Edson Freire Fonseca CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Resumo

A síndrome de burnout é descrita como uma desordem psicológica composta por exaustão emocional, despersonalização e redução da realização pessoal. Tal síndrome vem sendo cada vez mais diagnosticada em professores, médicos, contadores, policiais e também em estudantes. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o desenvolvimento da síndrome de burnout em 342 estudantes de medicina em um centro universitário do interior de Minas Gerais, relacionando a presença da síndrome com variáveis acadêmicas, sócio-demográficas e psicológicas, bem como com fatores estressores que podem precipitar a condição. Como instrumento para a pesquisa foi utilizado o Maslach Burnout Inventory – Student Survey (MBI-SS) e um questionário para identificação de dados sócio-demográficos e fatores estressores relacionados ao estudante de medicina. Como resultados foram encontradas relações entre a presença da síndrome e variáveis sócio-demográficas e acadêmicas, como a idade e o período em que se encontram os pesquisados. Outro resultado interessante foi a relação entre a presença da síndrome e os fatores estressores, entre eles, sentimentos de perfeccionismo e auto-exigência e o pesado fardo físico e emocional imposto pelo curso. Por fim, a pesquisa permitiu encontrar níveis de 11,4% de burnout nos acadêmicos em questão, os quais apresentaram altos níveis de exaustão emocional e descrença e baixos níveis de eficácia profissional. Os resultados do presente trabalho demonstram a necessidade de realização de novas pesquisas direcionadas aos estudantes de medicina, preferencialmente numa abordagem longitudinal, visto que a literatura sobre o burnout nesta população inda é escassa. O estudo também aponta para a necessidade de intervenções direcionadas principalmente aos alunos que se encontram no início do curso, onde os níveis de burnout se apresentaram maiores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Karoline Souza Chagas, CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS

Maria Karoline Souza Chagas - 10º Período MEDICINA - Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM.
Bolsista do Programa Universidade Para Todos - PROUNI.
Bolsista no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica.
Monitora da disciplina "Anatomia" para acadêmicos da área da saúde na mesma faculdade.

Dulcídio de Barros Moreira Junior, CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS

Especialista em cirurgia geral. Membro Adjunto do Colégio Brasileiro de Cirurgia. DOCENTE DE MEDICINA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Guilherme Nascimento Cunha, CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS

Doutor em Cirurgia Veterinária. DOCENTE DE MEDICINA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Ronaldo Pereira Caixeta, CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS

MESTRE DOCENTE NO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Edson Freire Fonseca, CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Especialista em cirurgia geral. DOCENTE DE MEDICINA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE PATOS DE MINAS.

Downloads

Publicado

2016-10-10