Suplementação na infância e a prevenção da carência de micronutrientes: Artigo de revisão

Autores

  • Monique Almeida Vaz Universidade Católica de Brasília
  • Granville Garcia de Oliveira Universidade Católica de Brasília
  • Michele Souza Pinheiro Universidade Católica de Brasília
  • Eloá Fátima Ferreira de Medeiros Universidade Católica de Brasília

Resumo

A carência de micronutrientes é um fator de risco para o adoecimento, influenciando o aumento da incidência de morbidade e mortalidade na infância. A taxa de doenças globais secundárias à deficiência de micronutrientes é de cerca de 7,3%. Verifica-se que a suplementação de vitaminas e minerais apresenta-se como uma opção favorável para suprir os déficits nutricionais da alimentação com um baixo custo. O presente estudo trata-se de uma revisão bibliográfica acerca da importância da suplementação na infância e visa delinear sobre o aporte complementar dos principais nutrientes preconizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, os quais as vitaminas A, D e K, ferro e zinco, apontando seus benefícios para a prevenção de doenças e sua efetividade para garantir o crescimento e o desenvolvimento saudável das crianças.

Palavras-chave: Infância; Micronutrientes; Suplementação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monique Almeida Vaz, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do 6º ano de Medicina na Universidade Católica de Brasília

Granville Garcia de Oliveira, Universidade Católica de Brasília

Docente na Universidade Católica de Brasília

Michele Souza Pinheiro, Universidade Católica de Brasília

Docente na Universidade Católica de Brasília

Eloá Fátima Ferreira de Medeiros, Universidade Católica de Brasília

Docente na Universidade Católica de Brasília

Downloads

Publicado

2017-06-17