Homem de 75 anos com lúpus eritematoso sistêmico de início tardio

Vitorino Modesto Santos, Victor Eduardo Almeida França, Rosana Aparecida Rodrigues Cardoso, Larissa Di Villeneuve Caetano Pereira, David Lima Pedrosa

Resumo


Lúpus eritematoso sistêmico é doença autoimune, acomete múltiplos órgãos e predomina em mulheres jovens. A manifestação inicial da doença após os 50 anos – lúpus de início tardio - é rara e há aumento na proporção de homens afetados. Nesses casos o curso clínico é insidioso, com características diferentes da doença em jovens. Além disso, comorbidades comuns à faixa etária de idosos dificulta o estabelecimento do diagnóstico em fase precoce. Descreve-se um homem de 75 anos que teve o início de lúpus com psicose aos 60 anos e evoluiu com nefrite rapidamente progressiva tratada com corticosteroide e ciclofosfamida. O aumento da longevidade pode favorecer o crescimento na frequência dessa modalidade de lúpus; assim, estudos de caso contribuem para o aumento no índice de suspeita clínica

Texto completo:

PDF