Economia criativa e empreendedorismo feminino: uma proposta dialógica de gestão cultural para mulheres produtoras de Samambaia - DF

Autores

  • Luana Busanello Rosback Universidade Católica de Brasília (UCB)
  • Clarissa Raquel Motter Dala Senta
  • Florence Marie Dravet

Resumo

O presente artigo trabalha a dinâmica comunicacional conectando mulheres empreendedoras da Região Administrativa de Samambaia–DF, partindo da identificação de suas habilidades, e professoras e estudantes da Universidade Católica de Brasília, exercendo a práxis da pesquisa e extensão universitária. Utilizamos como aporte teórico-metodológico o pensamento complexo de Edgar Morin, as metodologias feministas apresentadas por Martha Giudice Narvaz e Sílvia Helena Koller, e a perspectiva cartográfica de Virgínia Kastrup. Assim, partindo da interação entre comunidade, universidade e trabalho feminino, apresentamos como resultado parcial de pesquisa a criação do Sempreviva, coletivo empreendedor feminino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BHATTACHARYA, Tithi. O que é a teoria da reprodução social? Revista Esquerda Online . 06 de Out.

de 2019. Disponível em: https://esquerdaonline.com.br/tithibhattacharya. Acesso em: 22/11/2019.

DEL PRIORE, Mary. Ao sul do corpo : condição feminina, maternidade e mentalidade no

Brasil Colônia. São Paulo: UNESP, 2009.

DAVIS, Angela. Mulheres, cultura e política . São Paulo: Boitempo, 2017.

FERGUSON, Susan; MCNALLY, David. Capital, força de trabalho e relações de gênero. Revista

Outubro , n. 29, novembro de 2017.

FERNANDES, Sabrina. “P” de práxis. Tese Onze , 08 de Fev. de 2019. Disponível em:

https://www.youtube.com/watch?v=iwmB07LSaog. Acesso em: 18/11/2019.

FRASER, Nancy. O feminismo, o capitalismo e a astúcia da história. New Left Review , n. 56,

março-abril de 2009.

FREDERICI, Silvia. Caliba e a bruxa: mulheres, corpo e acumulaçao primitiva. São Paulo: Elefante,

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido . 17ª ed. Rio de janeiro: Paz e terra, 1987.

HILL COLLINS, Patricia. Aprendendo com a outsider within: a significação sociológica do pensamento

feminista negro. Revista Sociedade e Estado - Vol 31. Nº1. Janeiro/Abril 2016.

MARX, Karl; ENGELS. Friedrich. A ideologia Alemã . São Paulo: Expressão popular, 2009.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo . Porto Alegre: Sulina, 2005.

NARVAZ, Martha; KOLLER, Sílvia. Metodologias feministas e estudos de gênero: articulando

pesquisa, clínica e política. Psicologia em Estudo , Maringá, v. 11, n. 3, p. 647-654, set./dez. 2006.

KASTRUP, Virgínia. O funcionamento da atenção no trabalho cartográfico . Psicologia & Sociedade;

(1): 15-22, jan/abr. UFRJ, 2007.

Downloads

Publicado

2020-01-10

Como Citar

Rosback, L. B., Raquel Motter Dala Senta, C., & Dravet, F. M. (2020). Economia criativa e empreendedorismo feminino: uma proposta dialógica de gestão cultural para mulheres produtoras de Samambaia - DF. Anais Do Interprogramas Secomunica, 3. Recuperado de https://portalrevistas.ucb.br/index.php/AIS/article/view/11428

Edição

Seção

Artigos