REVISÃO NARRATIVA SOBRE A EXECUÇÃO DO KIP NA BARRA BAIXA DAS PARALELAS ASSIMÉTRICAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31501/rbcm.v30i1.12536

Resumo

INTRODUÇÃO: O kip é uma habilidade fundamental amplamente utilizada nas rotinas de treinamento da ginástica artística. No entanto, faltam materiais
didáticos que auxiliem o processo de ensino-aprendizagem dos alunos e dos professores iniciantes. OBJETIVO: Apresentar uma análise biomecânica qualitativa do kippe realizado na barra inferior das paralelas assimétricas. MÉTODOS: Esta foi uma revisão narrativa baseada no Google Acadêmico. Os termos utilizados para a busca dos materiais foram kippe e biomecânica, em Português e Inglês, considerando estudos experimentais e não experimentais. RESULTADOS: A literatura aponta diferentes termos para designar este mesmo movimento. Os movimentos articulares predominantes são extensão e flexão, o que justifica a maioria dos textos abordar a análise do plano sagital. O kippe tem seis instantes e três fases de movimento, Glide, Pike e Pull Up. A literatura mostra pequenas diferenças na execução em cada uma dessas fases. No entanto, alguns erros comuns de execução são apontados com algum consenso como deslizar muito curto, não alcançar o pike, abaixar as pernas muito rápido após o pike e flexionar os cotovelos na tentativa de encerrar o movimento. CONCLUSÃO: Há um número reduzido de estudos que integram
a avaliação biomecânica ao processo ensino-aprendizagem na ginástica, bem como no contexto do esporte de alto rendimento. Demonstramos que essa abordagem qualitativa pode ser útil para o processo de ensino-aprendizagem desse exercício específico. A decomposição do movimento em fases permite estabelecer prioridades com base nas forças e fraquezas apresentadas pelos atletas / alunos, otimizando assim as intervenções para melhorar o seu desempenho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samira Bulcão Carvalho Domingues, Rio de Janeiro State University

Institute of Physical Education and Sports

Paulo de Tarso Veras Farinatti, Rio de Janeiro State University

Institute of Physical Education and Sports

Patrícia Arruda de Albuquerque Farinatti, Rio de Janeiro State University

Institute of Physical Education and Sports

Jonas Lírio Gurgel, Federal Fluminense University

Institute of Physical Education

Flávia Porto, Rio de Janeiro State University

Institute of Physical Education and Sports

Downloads

Publicado

2022-04-18

Edição

Seção

Ponto de Vista