ASSOCIAÇÃO DO EXCESSO DE PESO COM VARIÁVEIS DEMOGRÁFICAS E ATIVIDADE FÍSICA NO LAZER EM UNIVERSITÁRIOS - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v22n3p14-19

Autores

  • Mateus Carmo Santos Faculdade de Tecnologia e Ciências
  • Vitor Giatte Angarten Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Hector Luiz Rodrigues Munaro Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Andreia Pelegrini Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.18511/rbcm.v22i3.4915

Resumo

Este estudo objetivou verificar a prevalência e a associação do excesso de peso com variáveis demográficas e nível de atividade física em estudantes de Educação Física de uma instituição pública do estado da Bahia. Trata-se de estudo transversal conduzido com a população de universitários regularmente matriculados no curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), durante o segundo semestre de 2010. Foram coletadas informações demográficas (sexo, idade e estado civil), antropométricas (autorrelato) e nível de atividade física no lazer. Foram feitas comparações entre os sexos por meio do teste “t” independente (dados com distribuição normal) e U de Mannn-Whitney (dados com distribuição não normal). As associações entre o desfecho e demais variáveis foram verificadas pela regressão de Poisson. O nível de significância estabelecido em todas as análises foi p<0,05. Participaram do estudo 125 estudantes, sendo 76 (60,8%) estudantes do sexo masculino. A prevalência de excesso de peso foi de 22,8%. As variáveis associadas ao excesso de peso foram idade e o sexo, revelando que os universitários com idade igual ou superior a 21 anos e do sexo masculino apresentam 2,28 (IC95%: 1,03-5,05) e 4,16 (IC95%: 1,07-16,19), respectivamente, maior probabilidade de apresentar o desfecho em relação aos seus pares. Pode-se concluir que a prevalência de excesso de peso na amostra estudada foram elevados, e estudantes do sexo masculino e com idade superior a 20 anos tem maior probabilidade de terem excesso de peso. Há necessidade de programas de prevenção e intervenção ao excesso de peso para estudantes universitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Carmo Santos, Faculdade de Tecnologia e Ciências

Departamento de Educação Física, Grupo de Estudo e pesquisa em Educação Física - FTC; Grupo de estudos e pesquisa em Cineantropometria - UDESC

Vitor Giatte Angarten, Universidade do Estado de Santa Catarina

Núcleo de Cardiologia e Medicina do Exercício

Hector Luiz Rodrigues Munaro, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Departamento de Saúde

Andreia Pelegrini, Universidade do Estado de Santa Catarina

Programa do Pós graduação em Ciências do Movimento Humano Centro de Ciências da Saúde e do Esporte - CEFID

Downloads

Publicado

2014-07-28

Edição

Seção

Artigo Original