O efeito do tabagismo sobre a produtividade no trabalho dos brasileiros

Daniel de Abreu Pereira Uhr, Rafael Parfitt, Julia Ziero Uhr, Regis Ely

Resumo


O objetivo deste artigo é avaliar o efeito do tabagismo sobre a produtividade dos trabalhadores brasileiros e a prática esportiva. Utiliza-se dados da Pesquisa Nacional da Saúde (PNS) do ano de 2013 e dois métodos de  areamento considerando a amostragem complexa dos dados: (i) Propensity Score Maching (PSM) e (ii) Propensity Score Weighthing (PSW). Os principais resultados demonstram que o tabagismo afeta negativamente a produtividade dos trabalhadores brasileiros. Os indivíduos mais afetados por esse efeito são os de média e maior idade. O uso de tabaco também faz com que haja uma diminuição na prática de atividade física entre todas as faixas etárias, sendo com maior magnitude entre os mais jovens.


Palavras-chave


Tabagismo; Produtividade no trabalho; Método de pareamento; Amostra complexa.

Texto completo:

PDF