Mioma uterino e gravidez: relato de caso desfavorável

Jefferson Torres Nunes, Henderson da Silva Retrão, Lara Cavalcante Macedo

Resumo


Os leiomiomas uterinos caracterizam-se por patologia benigna e são evidenciados em 2 a 3% de todas as gestações normais. Destes, cerca de 10% podem apresentar complicações durante a gravidez. Apresenta-se um caso de uma mulher de 41 anos e em sua sétima gravidez que procurou atendimento medico relatando perda de liquido aminiotico e sangramento transvaginal de moderada intensidade há 24 horas. Realizara pre-natal irregular com apenas duas consultas e informava possuir miomatose uterina. Sua idade gestacional segundo a data da ultima menstruação era de 38 semanas e 3 dias. Ao exame os batimentos cardíacos fetais não eram perceptíveis ao sonar doppler e o colo uterino estava fechado com eliminação de liquido meconial. Realizado o exame ultrassonográfico foi evidenciado um feto morto pélvico com idade gestacional estimada de 28 semanas e extenso mioma uterino não mensurado. A paciente foi submetida a cesariana. Durante a cirurgia foi impossível o acesso à cavidade uterina bem como visualização ou remoção do concepto, em decorrência disso foi realizada histerectomia total com concepto ainda intrautero.


Texto completo:

PDF