Pé de Charcot: Relato de caso, consequências da demora do diagnóstico.

Autores

  • Bárbara das Neves Linhares Universidade Católica de Brasília
  • Andrea Zappalá Abdalla Universidade Católica de Brasília
  • Renata Mayumi Hamaoka
  • Angela Beatriz Pimentel Zappalá

Resumo

O "pé de Charcot" é uma neuro-osteoartropatia precipitada pela neuropatia autonômica, ocasionada pela perda da regulação das comunicações arteriovenosas, provocando destruição não infecciosa do osso e das articulações dos pés e dos tornozelos, sendo uma evolução grave de uma das complicações mais frenquentes e temidas do Diabetes Mellitus (DM), o pé diabético. É relatado o caso de uma paciente de 21 anos, portadora de DM tipo 1 há 11 anos, bem orientada com relação a doença. No entanto, a despeito do acompanhamento e controle, com as glicemias adequadas, mantinha uma glicohemoglobina elevada. Iniciou quadro álgico em membros inferiores e em região lombar, evoluindo no ano seguinte com dor lancinante e sinais flogísticos em membro inferior direito. Foi solicitado ultrassonografia venosa com doppler, ressonância magnética e cintilografia óssea dos membros inferiores. Com os resultados apresentados nos exames de imagem, solicitou-se tomografia axial computadorizada do pé direito, na qual evidenciou-se fraturas, irregularidades em superfície articular, subluxações, derrame de articulações e borramento de paredes moles, evidenciando o diagnóstico dessa neuro-osteoartropatia. Contudo, não obstante ao quadro clínico grave e de evolução geralmente rápida, o "pé de Charcot" depende de ações de saúde paradoxalmente simples para sua prevenção e controle, que estão subordinadas, fundamentalmente, a educação e a interação multidisciplinar. Dessa forma, este artigo visa ressaltar a importância do diagnóstico precoce, não realizado no caso relatado, para que as intervenções adequadas sejam realizadas de modo a  minimizar os efeitos dessa complicação, reduzindo a morbilidade desta doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara das Neves Linhares, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Andrea Zappalá Abdalla, Universidade Católica de Brasília

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Renata Mayumi Hamaoka

Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Católica de Brasília

Angela Beatriz Pimentel Zappalá

Médica Endocrinologista e Intensivista

Downloads

Publicado

2015-05-09