DESENVOLVIMENTO DA MANIPULAÇÃO DO BEBÊ EM DIFERENTES IDADES MOTORAS

Priscila Votto Fernandes, Laís Rodrigues Gerzson, Carla Skilhan de Almeida, Bárbara Coiro Spessato

Resumo


Resumo: Verificar o desenvolvimento manipulativo de bebês de diferentes idades por meio de uma intervenção motora. Participaram do estudo 15 bebês que freqüentavam escolas de Educação Infantil da cidade de Porto Alegre. A intervenção foi constituída de atividades de manipulação de uma rica variedade de objetos cotidianos, escolhidos no intuito de oferecer diferentes estímulos ao bebê. As avaliações dos bebês foram realizadas no início e ao final do período interventivo através da Escala do Desenvolvimento do Comportamento da Criança no Primeiro Ano de Vida. Foi utilizado o Teste de Wilcoxon para comparações do período pré para o pós-intervenção e descritivamente foi analisado o desenvolvimento dos bebês conforme o seu trimestre de vida. Os resultados sugerem que os bebês tiveram desempenho superior do período pré-intervenção para o pós-intervenção. Intervenções motoras e sensoriais nos primeiros anos de vida proporcionam mudanças positivas no desenvolvimento global dos bebês.

Palavras-chave


fisioterapia; desenvolvimento infantil; intervenção precoce

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v25i1.6509

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement