REPRESENTATIVIDADE RACIAL: da tela do Jornal Nacional para discussões na Internet

Autores

  • Taianne de Lima Gomes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
  • Valquiria Aparecida Passos Kneipp UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v0i18.11791

Resumo

O artigo objetivou identificar a representatividade racial na bancada do telejornal mais assistido do País e a repercussão na Internet da primeira jornalista negra no Jornal Nacional. Utilizou-se, como método, o estudo de caso. A fundamentação contou com Cardoso (2008; 2010), Fechine (2017), Laborne (2014), Piza (2005) e Recuero (2017). Verificou-se que há um desequilíbrio na representatividade da população negra na bancada do JN e que a repercussão na Internet corrobora com a discussão racial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taianne de Lima Gomes, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestra em Estudos da Mídia, pela UFRN, pós-graduada em Assessoria de Comunicação, pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Graduada em Relações Públicas, nas Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), e em Jornalismo, pela DeVry Fanor. Experiência nas áreas de assessoria de imprensa, comunicação organizacional e telejornalismo.

Valquiria Aparecida Passos Kneipp, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

É graduada em Jornalismo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990), tem mestrado (2002) e doutorado (2008) em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Foi editora-assistente da Revista PJ:BR Jornalismo Brasileiro (de 2005 até 2011), atualmente é Professora Associada 2 de graduação e pós-graduação da UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte (desde 2009). Foi diretora científica de Rede Alcar (2007-2011) e coordenadora do GT de Mídias Visual e Audiovisual (2008-2011). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo, atuando como assessora de imprensa e telejornalista (nas funções de editora de texto, editora-chefe, produtora, coordenadora de produção e apresentadora de programa de entrevista). Atuou em campanhas eleitorais e ministra cursos de mídia training. Foi vice-coordenadora do PPgEM da UFRN (2013-2015) e (2015-2017). Foi coordenadora do Programa de Pós Graduação em Estudos da Mídia da UFRN (2017-2019). Foi vice-coordenadora do Grupo de Pesquisa Imagem, Mercado e Tecnologia do CNPq. Atualmente é líder da Linha Estudos da Mídia e Práticas Sociais do Grupo de Estudos da Nova Ecologia dos Meios e Diretora de Comunicação da Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia (2019-2023).

Downloads

Publicado

2020-11-23

Como Citar

Gomes, T. de L., & Kneipp, V. A. P. (2020). REPRESENTATIVIDADE RACIAL: da tela do Jornal Nacional para discussões na Internet. Esferas, (18), 38. https://doi.org/10.31501/esf.v0i18.11791

Edição

Seção

Dossiê Comunicação, Interseccionalidade e a Promoção da Igualdade Étnico-Racial