A comunicação entre ouvintes e emissoras da região Celeiro, RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v1i23.13582

Resumo

O presente estudo visa verificar de que maneira se dá a comunicação entre público e emissoras de rádio da Região Celeiro, Rio Grande do Sul, tendo, como objetos empíricos as rádios Municipal AM 620, Província FM 100.7, Difusora AM 1350 e Querência FM 89.7. A partir de observação participante e sistemática nas emissoras pode-se constatar que a ligação telefônica ainda é a forma mais comum de contato com as emissoras, seguida de mensagens no WhatsApp e comentários nas páginas oficiais no Facebook.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidia Paula Trentin, Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Doutora e Mestre em Comunicação e Linguagens - Universidade Tuiuti do Paraná. Especialista em Mídias na Educação - Universidade Federal de Santa Maria. Formada em Comunicação Social: Jornalismo - Universidade Federal de Santa Maria. Acadêmica do Curso Formação Pedagógica para Graduados não Licenciados - IFRS – Campus Sertão

Downloads

Publicado

2022-07-01 — Atualizado em 2022-07-04

Versões

Como Citar

Trentin, L. P. (2022). A comunicação entre ouvintes e emissoras da região Celeiro, RS. Esferas, 1(23), 187-201. https://doi.org/10.31501/esf.v1i23.13582 (Original work published 1º de julho de 2022)

Edição

Seção

Democracia e cidadania nas ondas sonoras