Campanhas cívicas e protestos de torcedores: em análise, a politização do futebol

Autores

  • Ana Carolina Vimieiro Universidade Federal de Minas Gerais
  • Rousiley Celi Moreira Maia Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v1i10.8288

Resumo

Este artigo analisa como se dá o processo de politização do futebol, a partir de campanhas e protestos recentes de torcedores. Exploramos três pontos no trabalho: (1) a sobreposição de engajamento cultural e político na contemporaneidade; (2) as diferentes fases da migração da questão, da esfera cultural para a política, através da noção de politização; e (3) as dificuldades enfrentadas por torcedores para superar um cenário demarcado por discursos despolitizadores no que tange ao futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Vimieiro, Universidade Federal de Minas Gerais

Pesquisadora de Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG

Rousiley Celi Moreira Maia, Universidade Federal de Minas Gerais

Professora Titular do Departamento de Comunicação Social da UFMG

Downloads

Publicado

2018-04-07

Como Citar

Vimieiro, A. C., & Maia, R. C. M. (2018). Campanhas cívicas e protestos de torcedores: em análise, a politização do futebol. Esferas, 1(10). https://doi.org/10.31501/esf.v1i10.8288

Edição

Seção

Dossiê Comunicação e Sociedade Civil