A dimensão comunicacional do barista na terceira onda do consumo de café

Autores

  • Lucas de Vasconcelos Teixeira Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)
  • Tânia Márcia Cezar Hoff Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v0i15.10530

Resumo

Neste artigo, são abordadas as inter-relações entre comunicação, consumo e alimentação, considerando o barista como o coração da terceira onda do café. O objetivo é identificar como a performance desse profissional contribui para divulgar a cultura dos cafés de alta qualidade. A metodologia aplicada durante a empiria é a flânerie. Os resultados apontam que os baristas atuam como ‘mestres de cerimônia’ para entreter e treinar os cinco sentidos dos frequentadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas de Vasconcelos Teixeira, Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

Doutorando e Mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM. Pela mesma instituição, vinculado ao Grupo de Pesquisa Biocon - Comunicação, discursos e biopolíticas do consumo. Bolsista Capes/Prosup

Tânia Márcia Cezar Hoff, Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

Doutora pela FFLCH-USP, docente do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Práticas de Consumo, PPGCOM-ESPM, e líder do Grupo de Pesquisa “Comunicação, discursos e biopolíticas do consumo”.

Downloads

Publicado

2019-11-21

Como Citar

Teixeira, L. de V., & Hoff, T. M. C. (2019). A dimensão comunicacional do barista na terceira onda do consumo de café. Esferas, (15), 78-89. https://doi.org/10.31501/esf.v0i15.10530

Edição

Seção

Dossiê Comunicação e Alimentação