O papel pedagógico da mídia no dispositivo da sexualidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v1i27.14392

Palavras-chave:

Dispositivo, Mídia, Gênero, Sexualidade, Cisheteronormatividade

Resumo

Neste artigo, defendemos que a mídia tem um papel pedagógico no dispositivo da sexualidade, tomado a partir de Foucault. Para tanto, partimos do conceito de dispositivo para evidenciar a forma como produções midiáticas diversas atuam contribuindo para a manutenção da cisheteronormatividade e da binariedade de gênero enquanto padrão social, da infância à idade adulta, não apenas proibindo e escondendo, mas também produzindo representações do que é desejável do ponto de vista normativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Ziller, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG, fundou e coordena o Grupo de Estudos em Lesbianidades (GEL/UFMG). Também coordena a Formação Transversal em Gênero e Sexualidade: perspectivas Queer/LGBTI da UFMG.

Dayane do Carmo Barretos, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Pós-douranda e doutora em Comunicação pelo PPGCOM/UFMG e integrante do Grupo de Estudos em Lesbianidades (GEL/UFMG).

Kellen do Carmo Xavier, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Doutoranda em Comunicação pelo PPGCOM /UFMG, com pesquisa realizada com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – código de Financiamento 001. Integrante do Grupo de Estudos em Lesbianidades (GEL/UFMG).

Downloads

Publicado

2023-08-26

Como Citar

Ziller, J., Barretos, D. do C., & Xavier, K. do C. (2023). O papel pedagógico da mídia no dispositivo da sexualidade. Esferas, 1(27), 1-24. https://doi.org/10.31501/esf.v1i27.14392

Edição

Seção

Comunicação, Gêneros e Sexualidades