Textualidade, deseducação e experiência em práticas de ódio contra a população LGBTQ+

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v1i27.14394

Palavras-chave:

Práticas de ódio, Experiência Comunicacional, Educação, Textualidade, LGBTQ

Resumo

Este artigo aproxima “textualidade”, “educação” e “experiência” com o objetivo de relacionar as práticas sistêmicas de ódio LGBTQ+fóbicas a um possível exercício educacional. A repetição da experiência violenta é um investimento da educação totalitária. Sustenta-se que tais práticas são comunicacionais e pretendem advertir corpos incômodos sobre seu destino de morte por serem não hegemônicos, submetendo-os a discursos e atos de ódio visibilizados, a fim de regrar subjetividades e expressões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Magno Camargos Mendonça, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Professor Associado do Departamento de Comunicação Social da UFMG, Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG - PPGCOM/UFMG, Linha de Pesquisa Textualidades Midiáticas. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP. Estágio Pós-Doutoral na Universidad Complutense de Madrid. Coordena o Núcleo de Estudos em Estéticas do Performático e Experiência Comunicacional - NEEPEC/UFMG.

Gregory Rial, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG - PPGCOM/UFMG, Linha de Pesquisa Textualidades Midiáticas. Mestre em Filosofia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte. Integra o Núcleo de Estudos em Estéticas do Performático e Experiência Comunicacional - NEEPEC/UFMG.

Ettore Stefani de Medeiros, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Doutor e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG - PPGCOM/UFMG. Integra o Núcleo de Estudos em Estéticas do Performático e Experiência Comunicacional - NEEPEC/UFMG.

Downloads

Publicado

2023-08-26

Como Citar

Camargos Mendonça, C. M., Rial, G., & de Medeiros, E. S. (2023). Textualidade, deseducação e experiência em práticas de ódio contra a população LGBTQ+. Esferas, 1(27), 1-17. https://doi.org/10.31501/esf.v1i27.14394

Edição

Seção

Comunicação, Gêneros e Sexualidades