EFEITO DE 12 SEMANAS DE TREINAMENTO FÍSICO RESISTIDO PERIODIZADO EM PACIENTE VIVENDO COM HIV E LIPODISTRÓFICO: UM ESTUDO DE CASO

Hugo Ribeiro Zanetti, Lucas Gonçalves da Cruz, Camilo Luís Monteiro Lourenço, Marco Aurélio Ferreira de Jesus Leite, Eduardo Gaspareto Haddad, Mário Leon Silva-Vergara, Fernando de Freitas Neves, Edmar Lacerda Mendes

Resumo


O objetivo do estudo foi verificar o efeito de 12 semanas de treinamento resistido periodizado sobre o perfil glicêmico, lipídico, imunitário, antropométrico e de força muscular em um paciente infectado com HIV com lipodistrofia. O indíviduo do estudo é do sexo masculino, 46 anos,etnia branca, diagnosticado há 17 anos com HIV e há 3 anos com lipodistrofia. O indivíduo participou de 12 semanas de treinamento resistido periodizado de forma ondulatória diária (TRPO), realizado três vezes por semana. Antes e após este período foi submetido à avaliação antropométrica, bioquímica, imunitárias e de força muscular. Após intervenção de TRPO houve diminuição das circunferências de pescoço, peito, abdômen, percentual de gordura, massa gorda, gordura subcutânea total, central e periférica. Concomitante houve aumento das circunferências de quadril, braços, coxas e panturrilhas, além do aumento de massa muscular. O perfil bioquímico apresentou diminuição da glicose de jejum, triglicerídeos, colesterol total, LDL-colesterol, HB1AC, monócitos e aumento do HDL-colesterol, leucócitos, linfócitos, neutrófilos, monócitos e plaquetas. Contudo, demonstramos que 12 semanas de intervenção com TRPO é benéfico e seguro no tratamento das desordens metabólicas e antropométricas em um paciente infectado com HIV com lipodistrofia.

Palavras-chave


Vírus da Imunodeficiência Humana; Síndrome Lipodistrófica; Musculação; Periodização

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v24i1.5817

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement